Star of Bethlehem: choque e trauma

Este floral foi o 37 o. descoberto pelo Dr. Bach em 1935 em Sotwell.

O Star of Bethlehem (Ornithogalum umbellatum) faz parte do grupo do desespero, pois é indicado para os momentos em que entramos em estado de choque, após uma situação ou notícia traumática.

No momento do choque há um distanciamento entre corpo e alma, causando entorpecimento, tensão corporal, dificuldade de raciocínio e muitas vezes perda de sensibilidade dos sentidos. O tempo de recuperação deste estado pode variar muito e há pessoas que carregam as “sequelas” pela vida inteira. A tensão do choque pode levar a formação de couraças musculares e o desenvolvimento de doenças psicossomáticas.

Este floral auxilia na retomada da serenidade, da paz interior e discernimento, trazendo consolo para a alma, possibilita a abertura para o aprendizado e mudanças necessárias que estas situações trazem.

Estrela de Belém é o significado de Star of Bethlehem que guiou para o local de nascimento de Jesus. O Natal é época de renascimento, renovação, ou seja deixar para trás as experiências negativas, e se abrir para a luz e para as bençãos. Muitas pessoas que sentem tristeza na época de Natal, provavelmente passaram situações traumáticas que não conseguiram superar e se beneficiarão deste floral.

É um dos cinco florais que compõem a fórmula do floral emergencial Rescue Remedy.

Este floral tem um significado muito lindo e o efeito é de renovação, neste momento, em que tantas pessoas perderam tudo com as chuvas desejo que o Star guie seus caminhos, trazendo paz, serenidade e força para recomeçar.

foto: Amy R/sxc.hu

Tom

No final de semana passada fomos à Feira de Adoção de Cães e Gatos (para maiores informações clique aqui) e adotamos um gato, de aproximadamente 8 meses, que recebeu o nome de Tom (lembram do Tom & Jerry? É da mesma cor!). Foi amor à primeira vista!

Ele chegou bem assustado e com jeito de quem já sofreu muito nessa vida. Fiz para ele uma fórmula com dois Florais de Bach:

Pensei em dar o Mimulus , floral do medo de coisas “conhecidas”, pois ele tem muito medo do barulho de caminhão, de vassoura e de voz masculina, mas achei que o comportamento de se esconder  parece associado a traumaspor exemplo quando alguém levanda à mão, mesmo que seja para jogar uma bolinha ou mostrar um brinquedo.

Ele está tomando os florais diariamente e tem se adaptado muito bem!

Para dar Florais aos animais é só pedir que manipulem com conhaque à 10% e coloque 4 gotas do floral na vasilha de água e coloque a água sobre o floral (seria melhor água mineral ou filtrada). Coloque o floral a cada troca de água, ou no mínimo, uma vez ao dia.

PS: Mês que vem (agosto/2012) fará 2 anos que o Tom está aqui em casa, seu comportamento está ótimo! Feliz e o dono da casa (como todo gato!). Hoje a única coisa que ficou é a cara de “alerta” quando o caminhão de lixo passa na porta 😉

Florais e as plantas

816066_10292836

As plantas se dão muito bem com os florais, há muito tempo uso os florais com as minhas plantas, tenho até uma certa desconfiança que tem uma que é dependente, mas ela está em observação!

Primeira dica para quem faz algum tipo de tratamento floral, o ‘restinho’ do frasco de floral pode ser diluído em água e usado para molhar as plantas. Devolva à natureza o que ela te deu, ela agradecerá com exuberância.

Alguns Florais de Bach, indicados para as plantas:

  • Rescue Remedy é sempre útil nas fórmulas pois estimula o desenvolvimento geral da planta,
  • Hornbean: energia extra para crescer,
  • Olive: plantas desvitalizadas,
  • Gorse: plantas murchas,
  • Walnut: após fazer o transplante de local, mudanças ou fases de transição,
  • Wild Rose: quando parecem apáticas, não reagindo à nada,
  • Star of Bethlehem: ameniza os efeitos de choques, impactos, no caso de plantas que sofreram queda,
  • Agrimony e Crab Apple: combate às pragas.

O ideal é colocar 2 gotas ‘sotck’ do floral escolhido na água para regar as plantas, mas como aqui no Brasil o frasco ‘stock’ é vendido em poucas farmácias ou apenas nas distribuidoras de floral, uma alternativa é fazer em uma farmácia de homeopatia um frasco com os florais que achar necessário, e colocar 10 gotas desta fórmula na água usada para regar as plantas. No caso de pragas, borrife a mistura (água + floras) na planta, nas folhas (em cima e embaixo), caule, e superfície da terra.

Quanto a minha planta que é dependentede floral, é uma primavera que está num vaso na sacada tenho que manter a rega com floral semanalmente, se não ela tem sérias recaídas e começa a perder o viço…

Dependente? Se ela pudesse se defender diria que não é dependende de floral, não! Talvez apenas esteja no lugar errado. Não vou discutir pois concordo: sempre que estamos no lugar ‘errado’ é difícil manter o equilíbrio.

A observação continua: se ela não florescer nessa primavera, procurarei um lugar especial e a doarei, mas com muita dor no coração… Aí teremos mais um post, será sobre desapego ; )

Foto: mimiliz’s/sxc.hu