Floral de Bach: Rock Rose

 
 

Rock Rose (Helianthemum nummularium) foi o 12 o. floral descoberto pelo Dr. Edwar Bach em 1932, indicado para o estado de terror e faz parte do grupo de 5 flores do composto emergencial Rescue Remedy.

O estado negativo de Rock Rose apresenta pânico e terror por uma situação inesperada: emergência com um acidente, notícias, catástrofes ou um problema de saúde grave. Sintomas como taquicardia, respiração ofegante, suor nas mãos, paralização, sensação de perda de sentidos, podem fazer parte da crise de pânico.

A qualidade, mais importante, proporcionada por este floral é a entrega. A entrega está relacionada ao heroísmo instintivo diante da vida, em situações de emergência ou de perigo eminente não há tempo para pensar e devemos agir instintivamente; a entrega permite a ação necessária para a  fluidez da vida. Uma cadeia se forma: a entrega com confiança se reflete em harmonia, e também, em entendimento.

O Floral auxilia na eliminação dessa polaridade, principalmente quando nos conscientizamos das questões que envolveram  o “surgimento” do estado negativo.

Dra. Carmen Monari, coloca em seu livro “Participando da vida com os Florais de Bach“: “essa essência trabalha o Amor de entrega pela Vida”.

Recomendo também quando paralisamos diante do “novo” namorodo, trabalho, ou desafio, pois muitas vezes queremos (ingenuamente) controlar o resultado e deixamos de nos entregar pelo pânico da dor, do fracasso. A visão que restringe as situações em sucesso ou fracasso, são de curtíssima visão e se restringem ao ego (aqui usado como as máscaras que colocamos para lidar com as situações do dia-a-dia) e não estão relacionados ao Eu-verdadeiro, para este o que importa é a vivência da experiência com plenitude.

Rock Rose faz parte do grupo do medo, que está relacionado ao medo de entregar-se a si mesmo, ao outro e ao mundo. Está relacionado ao plexo solar e atua também nos casos de constipação intestinal, colite, problemas gástricos, anemias agudas e genéticas, síndrome do pânico (adicione ao Rescue Remedy), terror noturno, entre outros.

Foto: Buxtononline.net

‘Rescue Remedy’

 

Falei sobre a Lavanda (lavandula officinalis) que é o coringa da Aromaterapia e aqui falarei sobre o equivalente dos Florais de Bach: o Rescue Remedy, ideal para ser usado nas situações traumáticas ou de emergência, para quando sentimos ”o chão sumir sob nossos pés”.

Todo floral equililbra um determinado estado negativo pois introduz qualidades (ou virtudes) que irá harmonizar sutilmente o estado inicial, é como o encontro do mar agitado com águas tranquilas. No floral  Rescue Remedy o equilíbrio é alcançado através de qualidades como harmonia e serenidade.

Em 1934 sua fórmula era composta somente de 3 florais: Rock Rose, Impatiens e Clematis, mas em 1935, Dr. Bach completou com mais 2 florais: Cherry Plum e Star of Bethlehem. Estes florais são indicados para:

  • Rock Rose: terror e pânico,
  • Star of Bethelehem: choque emocional e trauma,
  • Clematis: inconsciência, sensação de entorpecimento,
  • Impatiens: tensão física e mental, que gera inquietação e impaciência e
  • Cherry Plum: descontrole emocional.

No floral Rescue estes florais auxiliam corpo como mente a voltar à consciência e ao equilíbrio, relaxando quando há tensão ou medo, despertando quando há entorpecimento, trazendo discernimento quando há confusão de sentimentos ou sensações.

Pode ser usado nos primeiros socorros até que a pessoa receba um atendimento especializado: acidentes, hipo ou hiperglicemia, em todas as crises: hipertensiva, alérgica, epilépticas ou emocionais. Em problemas relacionados à gravidez, como: enjôo, ansiedade, dores, retenção de líquidos. Diminuir a ansiedade, o estresse e medos antes de situações difíceis: provas, entrevistas, apresentações ao público, consultas ao dentista (situação vista como ameaçadora para algumas pessoas!). Dor de cabeça, febre, insônia, pré e pós operatório também são beneficiados com o uso do Rescue Remedy pois sempre ajudará a restabelecer o  “eixo”.

Há a opção de usar o frasco “stock” (tomar 2 gotas), que é o concentrado do floral, importado da Inglaterra e um pouco mais difícil de encontrar, ou usar o frasco de tratamento (4 gotas) que é encontrado na maioria das farmácias homeopáticas. Em caso de situações extremas pode-se tomar de hora em hora, e em casos mais ‘leves’, 4 vezes ao dia; ou ainda, colocar 4 gotas em uma garrafinha de água e beber aos poucos durante o dia. Em caso de ferimentos e sangramentos, dilua 4 gotas em um pouco de água e faça compressas.

Também pode ser usado em animais em situações de traumas (acidentes, cirurgias), medos, estresse, para acalmá-los, ou quando estiverem debilitados. Tivemos bons resultados com a Tina, uma rotweiller, que teve uma recuperação rápida em uma pós operatório com o uso do Rescue Remedy, e só pingar 4 gotas do floral em cada troca de água, ou se o animal for muito “obediente”, pode ser dado diretamente na boca.

Não se deve suspender o uso de outros medicamentos, os florais podem ser usados concomitante a outros tratamentos.