Sonhos

1178515_57287059

Na semana passada a maioria dos atendimentos teve praticamente o mesmo tema: sonhos que são considerados distantes demais para serem colocados em prática.

Sonhar é lindo! Mas se não tentamos decifrá-los, trazê-los para a experiência da vida “real” passam a valer muito pouco, pior ainda quando se tornam frustrações que levam ao adoecimento ou pesam pela vida toda.

Quando tentamos trazer o sonho para a realidade, traçamos planos, procuramos caminhos para chegar lá, veremos de forma concreta os impedimentos, as dificuldades, é mais fácil lidar com um “impedimento” real do que um sonho frustrado, que não fizemos nada por ele.

Dica rápida: Clematis, é o Floral de Bach, para quem vive no mundo dos sonhos, Floral Composto Concentração do Floral Joel Aleixo vai ajudar a manter o foco e os óleos essenciais:  Vetiver  (ajuda a não se perder nos pensamentos, “faz descer à Terra”), Cedro (auxilia a manter a firmeza no propósito).

Pensando sobre esse assunto me deparei com com o poema “A roda” de Rosália Milsztajn (médica, psicanalista) autora do livro “Aqui dentro de mim” (ed. Aeroplano), na Revista Vida Simples (janeiro/2009).

A roda enferrujada do dia

roda lentamente

meu desejo insatisfeito

adoecendo os sentidos

 

A roda gasta do dia

deglute com cegos dentes

a semente

o amor que poderia

 

A chuva fria do ferro envelhecido

entristece o futuro e o

pendente

 

E essa dor atemporal se estende

sem cura no metal ruído

polui a alvura de fluídos permanentes

que não passam

que não passam”

Foto: Andyreis’s/sxc.hu

‘Rescue Remedy’

 

Falei sobre a Lavanda (lavandula officinalis) que é o coringa da Aromaterapia e aqui falarei sobre o equivalente dos Florais de Bach: o Rescue Remedy, ideal para ser usado nas situações traumáticas ou de emergência, para quando sentimos ”o chão sumir sob nossos pés”.

Todo floral equililbra um determinado estado negativo pois introduz qualidades (ou virtudes) que irá harmonizar sutilmente o estado inicial, é como o encontro do mar agitado com águas tranquilas. No floral  Rescue Remedy o equilíbrio é alcançado através de qualidades como harmonia e serenidade.

Em 1934 sua fórmula era composta somente de 3 florais: Rock Rose, Impatiens e Clematis, mas em 1935, Dr. Bach completou com mais 2 florais: Cherry Plum e Star of Bethlehem. Estes florais são indicados para:

  • Rock Rose: terror e pânico,
  • Star of Bethelehem: choque emocional e trauma,
  • Clematis: inconsciência, sensação de entorpecimento,
  • Impatiens: tensão física e mental, que gera inquietação e impaciência e
  • Cherry Plum: descontrole emocional.

No floral Rescue estes florais auxiliam corpo como mente a voltar à consciência e ao equilíbrio, relaxando quando há tensão ou medo, despertando quando há entorpecimento, trazendo discernimento quando há confusão de sentimentos ou sensações.

Pode ser usado nos primeiros socorros até que a pessoa receba um atendimento especializado: acidentes, hipo ou hiperglicemia, em todas as crises: hipertensiva, alérgica, epilépticas ou emocionais. Em problemas relacionados à gravidez, como: enjôo, ansiedade, dores, retenção de líquidos. Diminuir a ansiedade, o estresse e medos antes de situações difíceis: provas, entrevistas, apresentações ao público, consultas ao dentista (situação vista como ameaçadora para algumas pessoas!). Dor de cabeça, febre, insônia, pré e pós operatório também são beneficiados com o uso do Rescue Remedy pois sempre ajudará a restabelecer o  “eixo”.

Há a opção de usar o frasco “stock” (tomar 2 gotas), que é o concentrado do floral, importado da Inglaterra e um pouco mais difícil de encontrar, ou usar o frasco de tratamento (4 gotas) que é encontrado na maioria das farmácias homeopáticas. Em caso de situações extremas pode-se tomar de hora em hora, e em casos mais ‘leves’, 4 vezes ao dia; ou ainda, colocar 4 gotas em uma garrafinha de água e beber aos poucos durante o dia. Em caso de ferimentos e sangramentos, dilua 4 gotas em um pouco de água e faça compressas.

Também pode ser usado em animais em situações de traumas (acidentes, cirurgias), medos, estresse, para acalmá-los, ou quando estiverem debilitados. Tivemos bons resultados com a Tina, uma rotweiller, que teve uma recuperação rápida em uma pós operatório com o uso do Rescue Remedy, e só pingar 4 gotas do floral em cada troca de água, ou se o animal for muito “obediente”, pode ser dado diretamente na boca.

Não se deve suspender o uso de outros medicamentos, os florais podem ser usados concomitante a outros tratamentos.