Dicas de Aromaterapia: pele oleosa e acneica

Este post é dedicado a Helania, leitora do blog que enviou algumas perguntas a respeito de pele oleosa e acneica, e também, deseja informações sobre óleos carreadores com funções regeneradoras e antienvelhecimento, que responderei posteriormente. Neste post, escreverei sobre a pele oleosa e acneica, se houver dúvidas é só escrever.

Aqui estão dicas de aromaterapia que podem ser usadas no dia a dia:

  • limpeza profunda para evitar o acúmulo de oleosidade.
  • uso de tônicos adstringentes podem ajudar, que contenham extrato de hamamélis (ou capim limão, confrei), ou ainda, hidrolato de lavanda.

Os óleos essenciais recomendados para peles acneicas e oleosas:

  • Bergamota (Citrus bergamia): propriedade antiséptica e antidepressiva,
  • Lavanda (Lavandula officinalis) : antiséptica, reguladora, regeneradora celular,
  • Gerânio (Pelargonium graveolens): equilibra a oleosidade. Use-o em pouca quantidade pois pode ser rubefacieante (causar vermelhidão no local),
  • Alecrim (Rosamarinus officinalis), Gerânio, Cipreste (Cupressus sempervirens) e Junípero (Juniperus communis): podem ser usados em massagens corporais para auxiliar na eliminação de toxinas.

Quando a pele estiver muito inflamada opte pelos óleos essenciais de Limão (Citrus limonum) e Tea tree (Melaleuca alternifolia).

Após diminuir a inflamação pode-se usar produtos com óleo vegetal de Germe de trigo para ajudar na cicatrização acrescentando os óleos essenciais de Mirra (Cammiphora myrrha ), Olíbano (Boswellia carterii), Rosa (Rosa damascena ou centifolia), Palmarosa (Cymbopogon martini), Lavanda, Pau rosa (Aniba rosaeodora) e Neroli (Citrus aurantium ou bigaradia ), que além de propriedades citofiláticas (regenerador celular) é útil também para peles envelhecidas.

A dieta alimentar é fundamental no tratamento de pele acneica, faça uma dieta saudável com frutas, verduras e legumes; evite laticínios, alimentos gordurosos (chocolate, frituras,carnes gordurosas), frutos do mar e alimentos picantes. Beba mais de 2 litros de água por dia.

Algumas pessoas sofrem interferência direta do estresse no estado da pele, então procure praticar exercícios físicos ou yoga, dormir adequadamente, ou procure também o uso de florais e acupuntura.

A melhor forma de uso dos óleos essenciais no início do tratamento é através de compressas frias, creme elaborado com base “oil free” ou gel neutro e máscaras faciais.

Algumas receitas:

Máscara Facial de argila

  • 1 colher de sopa (bem cheia) de argila medicinal
  • 2 colheres de sopa de chá (forte) de camomila (acrescente lentamente à argila até ficar com consistência cremosa)
  • 2 gotas de óleo essencial de Tea tree (Melaleuca alternifolia)
  • 2 gotas de óleo essencial de Bergamota (Citrus bergamia)
  • 2 gotas de óleo essencial de Lavanda (Lavandula officinalis ou angustifolia)
  • 5 gotas de extrato de própolis

Misture tudo, aplique no rosto limpo, evitando a região dos olhos e deixe agir por 15 minutos ou até secar completamente.

Poderá ocorrer vermilhidão após a aplicação do produto que normalmente desparece após 30 minutos.

Tônico

  • 80 ml de hidrolato de Rosas (ou “água de rosas”)
  • 20 ml de vinagre de cidra ou vodka
  • 30 gotas de óleo essencial de Lavanda (Lavandula officinalis ou angustifolia)
  • 10 gotas de óleo essencial de Pau rosa (Aniba rosaeodora)

Gel facial para pele acneica e oleosa

  • 30 grs de base gel
  • 3 cápsulas de vitamina E
  • 3 ml de óleo vegetal de germe de trigo
  • 7 gotas óleo essencial de Lavanda
  • 2 gotas de óleo essencial de Tea tree
  • 4 gotas de óleo essencial de Limão

Misturar bem, aplicar somente à noite, pois o óleo essencial de limão e fototóxico e poderá manchar a pele quando exposto à luz solar. Lavar o rosto pela manhã.

OBSERVAÇÕES:

TODAS as receitas devem ser colocadas em frasco escuro de vidro, manter ao abrigo da luz e do calor.

A máscara de argila deve ser elaborada para uso imediato.

As dicas aqui colocadas não dispensam a consulta ao dermatologista.

Imagem: sxc.hu

Insônia

 

1221445_75038634

 

A INSÔNIA é um sintoma e não uma doença, consiste na dificuldade de adormecer ou de retomar o sono, prejudicando a qualidade do sono que deveria ser reparador.

É um sintoma de que algo não anda bem: tensão, preocupação, maus hábitos (uso de drogas, cigarro, bebidas estimulantes), ansiedade, depressão, entre outros.

A insônia representa a alteração de um biorritmo natural. A visão da Alquimia, princípio seguido na elaboração dos Florais Joel Aleixo, o estabelecimento de algumas hábitos auxiliam o corpo a voltar ao biorritmo natural: refeições líquidas após às 18 horas, dormir antes da meia noite, acordar (bem!) antes das 9 horas da manhã. Seguir o bioritmo natural é saudável tanto é que moradores da área rural, que estão em sintonia com a natureza, tem menos insônia do que as pessoas que vivem nas áreas urbanas. Dos florais brasileiros Joel Aleixo a dica é o floral composto Calminatum.

A maioria dos artigos sobre insônia se referem a importância de exercícios físicos regulares, suspensão de uso de bebidas que estimulantes contenham álcool e cafeína e verificar se o colchão está adequado. A melhora da qualidade do sono também é beneficiada pela prática da yoga e meditação.

Dos Florais de Bach o auxílio vem do Rescue Remedy que relaxa, White Chestnut para quem não consegue se desligar dos pensamentos, Red Chestnut quando o foco da preocupação são as pessoas próximas e Aspen se o problema são os pesadelos ou o medo de escuro. Quando a insônia é mais severa (mais de 3 semanas) ou se a pessoa não tem bons resultados só com o Florais de Bach costumo acrescentar os Florais da Califórnia: Dill para excesso de tensão durante o dia, Chamomille no caso de perturbação emocional (indicado também para crianças), Lavender quando a mente não dá sossego, Mugwort para sonhos perturbadores e, no caso de pesadelos, o indicado é a essência floral Chapparral.

A Aromaterapia pode auxiliar com os óleos essenciais sedativos que relaxarão mente e corpo: Lavanda (Lavandula officinalis), Camomila (Matricaria chamomilla), Néroli (Citrus vulgaris), Bergamota (Citrus bergamia) quando a insônia está relacionada à depressão, Manjerona (Origanum majorana) auxillia também a diminuir as dores musculares, Ylang-ylang (Cananga odorata), Benjoim (Styrax Benzoim) quando o problema são os pensamentos repetitivos, ou para este caso, use 1 gota de óleo essencial de Vetiver (Vetiveria zizanioides), que também tem o efeito de acalmar a mente.

Se você tem o privilégio de ter uma banheira, dilua de 4 a 6 gotas de um ou mais óleos essenciais citados acima em meia xícara de leite ou em 2 colheres de sopa de azeite ou óleo de amêndoas, dissolva bem uma banheira com água morna e relaxe por uns 15 minutos. Varie sempre os óleos essenciais, não usando o mesmo por duas semanas seguidas. Para crianças use somente os óleos essenciais de Lavanda ou Camomila e use apenas 2 ou 3 gotas na banheira. NÃO DEIXE QUE A ÁGUA DO BANHO ENTRE EM CONTATO COM OS OLHOS!

Neste post cito alguns florais e óleos essenciais que contribuem para dormir melhor, mas é importante consultar um Aromaterapeuta e/ou Assessor Floral para melhor investigação (e tratamento) da causa da insônia.

Foto: /sxc.hu

Aromatização de Ambiente

smoke
Aromatizar um ambiente pode ser muito simples!

Para ambientes pequenos há diversos tipos de aromatizadores disponíveis no mercado:

  • elétrico ou de ‘plug’ (que é colocado diretamente na tomada) bem prático e não oferece riscos,
  • difusor a vela um pouco perigoso para quem tem crianças em casa, deve-se sempre estar atento para que não falte água.
  • difusor com varetas, que é charmoso e exige menos atenção
  • spray de ambiente que tem uso prático e a vantagem de ter controle sobre a frequência da aromatização

Para ambientes maiores a melhor opção são os aromatizadores elétricos pois tem uma abrangência maior de aromatização.

Na aromatização com essências, o aroma  pode trazer sensações agradáveis pela memória olfativa, mas é justamente por essa memória olfativa que, às vezes, um aroma nem sempre nos “cheira bem”. A vantagem da aromatização com os óleos essenciais é que além de um aroma agradável o ambiente é tratado por causa de suas propriedades terapêuticas.

Abaixo algumas dicas de óleos essenciais e atuações no ambiente:

Bergamota (Citrus aurantium sub especie bergamia): estresse, limpeza ambiental, relaxante, antiséptico.

Alecrim(Rosmarinus officinalis): cansaço mental, energizante, falta de concentração, criatividade.

Eucalipto (Eucalyptus citriodora): repelente de insetos, antiséptico.

Tangerina (Citrus nobilis var. tangerina): criatividade, relaxante, melhora comunicação.

Cravo (Eugenia caryophyllata): desodorizar, desinfetar, bom-humor, cansaço mental, estimulante.

Citronela (Cymbopogon nardus) : repelente de insetos, harmonia, desodorizador, estimulante.

Laranja Doce (citrus aurantium var. dulcis): Estresse, organização, equilibrio de emoções.

Lavanda (Lavandula officinalis): acalma  os sentimentos, harmoniza.

Vetiver (Vetiveria zizanioides): relaxante (em pouca quantidade), acalma a mente, equilibra.

Tea Tree (Melaleuca alternifolia): limpa e protege o ambiente, bactericida, antiviral.

No aromatizador ou no spray de ambiente é importante saber misturar os óleos essenciais para se obter uma sinergia harmônica, de boa duração e coerente com os objetivos que deseja trabalhar no ambiente.

Se você quer aprender como fazer spray de ambiente participe de nossa oficina de sprays.
Mais informações clique aqui.

Foto: Laura Leavell/sxc.hu