Bergamota

Hummm… um dos meus aromas preferidos: suave, fresco, cítrico e levemente adocicado. Relaxante de efeito imediato, excelente contra a ansiedade, é antidepressivo e recomendado para problemas psicossomáticos.

O óleo essencial extraído através de expressão à frio, ou destilação à vapor da casca da fruta, a bergamota pertence a família botânica Rutaceae.

De origem italiana, da cidade de Bérgamo, os maiores produtores são Itália, Costa do Marfim, Marrocos, Tunísia, Argélia, Brasil.

As principais propriedades: antiséptico, antibiótico, antiespasmódico, antidepressivo, tônico estomacal, sedativo, antitérmico, vermífugo. No âmbito físico: infecções de pele (psoríase, vitiligo, eczemas, acne, furúnculo), pele oleosa, anorexia, infecções urinárias, cólicas e espasmos estomacais.

Nas questões mentais e emocionais, além dos citados acima, recomendado para o  estresse, insônia, medo, dependência, estimula a liberação de sentimentos reprimidos, redirecionando a energia para seguir em frente.

É melhor se precaver pois é fototóxico! E não deve ser usado puro sobre a pele, use em diluição de 1%, mas evitar o uso 24hs antes da exposição solar.

É usado há séculos na indústria perfumística, ingrediente indispensável das antigas Águas de colônia.

Foto: helovi/Istockphoto

Aromaterapia para depressão

A aromaterapia pode ser usada como complemento ao tratamento da depressão.

Há vários óleos essenciais que auxiliam no combate à depressão:

  • a maioria dos cítricos (Laranja*, Bergamota*, Tangerina*, Mandarina (Citrus reticulata)*, Limão, Néroli*) que ajudam a restaurar a alegria, meus preferidos para depressão: Néroli, Bergamota e Laranja Doce
  • Lavanda*: equilíbrio “geral”, ótimo óleo essencial para iniciar um trabalho em aromaterapia
  • Ylang-ylang, Gerânio, Rosa e Jasmim: restabelecem o amor próprio, a auto-estima
  • Manjerona*: mágoas, aconchego
  • Sândalo*, Vetiver*, Olíbano*: acalmar e elevar a mente
  • Patchouly, Coentro: desânimo diante da rotina, tensão mental, falta de energia e criatividade

Você poderá usar estes óleos essenciais para fazer um óleo de massagem:

  • 50 ml de óleo vegetal de semente de uva
  • 7 gotas de óleo essencial de Bergamota ou Laranja Doce
  • 8 gotas de óleo essencial de Lavanda
  • 2 gotas de óleo essencial de Manjerona
  • 3 gotas de óleo essencial de Olíbano ou Vetiver

Coloque os ingredientes em um vidro escuro. Faça uma boa massagem sobre o corpo molhado após o banho diariamente. Esta mistura está bem relaxante, ideal para ser usada à noite.

* óleos essenciais com excelente atuação no caso de depressão acompanhada de sintomas de ansiedade, irritabilidade e insônia.

Na suspeita de depressão procure sempre um médico, não faça uso da auto-medicação, a aromaterapia ou os florais não são substitutos, mas sim, complementos para o tratamento convencional.

Foto: Lize Rixt/sxc.hu

Receitas com Tea tree

Algumas receitas com o óleo essencial de Tea tree (Melaleuca alternifolia)

No aromatizador para “limpeza” de ambiente, tanto energética, como para ambientes em que há pessoas doentes:

  • 3 gotas de óleo essencial de Bergamota  (Citrus aurantium var. bergamia)
  • 4 gotas de óleo essencial de Folhas de Ho ou Lavanda (Lavandula officinalis)
  • 1 gota de óleo essencial de Tea tree (Melaleuca alternifolia)

No álcool gel, para incrementar o poder antiséptico:

  • 100 ml de álcool gel (neutro, sem essências)
  • 40 a 60 gotas de óleo essencial de Tea tree

Misture bem, guardar em frasco de vidro escuro.

Atenção: se for usar em crianças pequenas use apenas 20 gotas de óleo essencial de Tea tree.

Agora um sabonete líquido com aroma bem fresquinho, que combina com cozinha e ajuda na assepsia das mãos.

  • 250 ml de base neutra de sabonete líquido
  • 15 gotas de óleo essencial de Capim limão (Cymbopogon citratus)
  • 5 gotas de óleo essencial de Hortelã-pimenta (Mentha piperita)
  • 20 gotas de óleo essencial de Lavanda
  • 5 gotas de óleo essencial de Tea tree
  • 5 gotas de óleo essencial de Alecrim (Rosmarinus officinalis)
  • Misture bem, coloque em um frasco de vidro, escuro.