A Árvore da Vida na Alquimia

Árvore da Vida_Sílvia Kalvon

Para um Alquimista uma árvore é, também, a representação de uma pessoa, a Árvore da Vida.

A copa é Mercurius: pensamento, intuição, espiritualidade, arquétipo feminino, o aspecto lunar, conexão com o mundo interno, as “sacadas” (insights), um mundo infinito de possibilidades…. É a mente, onde surgem ideias, delírios, viagens, só expansão…. Aqui é o espaço das reticências…

Na extremidade oposta está a raiz, o Sulphur, onde se aterra, forma e atitude são dadas ao nosso pensamento. Arquétipo masculino, solar, atitude, energia, vitalidade, desejo, realização, instinto, sobrevivência, contração; aqui se estabelece o ponto final.

O tronco integra as polaridades, é o Sal, nessa região moram nossos sentimentos: mágoa, paixão, ressentimento, capacidade de se doar, amor-desamor (por nós, pelos outros). O movimento é intermediário contração-expansão, o tronco pulsa, nele mora nosso coração, o ponto final e as reticências.

Continue Lendo…