A Árvore da Vida na Alquimia

Árvore da Vida_Sílvia Kalvon

Para um Alquimista uma árvore é, também, a representação de uma pessoa, a Árvore da Vida.

A copa é Mercurius: pensamento, intuição, espiritualidade, arquétipo feminino, o aspecto lunar, conexão com o mundo interno, as “sacadas” (insights), um mundo infinito de possibilidades…. É a mente, onde surgem ideias, delírios, viagens, só expansão…. Aqui é o espaço das reticências…

Na extremidade oposta está a raiz, o Sulphur, onde se aterra, forma e atitude são dadas ao nosso pensamento. Arquétipo masculino, solar, atitude, energia, vitalidade, desejo, realização, instinto, sobrevivência, contração; aqui se estabelece o ponto final.

O tronco integra as polaridades, é o Sal, nessa região moram nossos sentimentos: mágoa, paixão, ressentimento, capacidade de se doar, amor-desamor (por nós, pelos outros). O movimento é intermediário contração-expansão, o tronco pulsa, nele mora nosso coração, o ponto final e as reticências.

Continue Lendo…

O passado

Foto_Sílvia Kalvon

Como bem disse o autor da frase acima, o passado “integrado” em nós, que poderia ser aprendizado, experiência, que contribui para a evolução, nem sempre é assim. Muitas vezes o passado nos marca, se torna ferida que não cicatriza, que mancha nossos olhos e nos faz ver o mundo através desta marca.

Essa ferida na maioria das vezes vem da infância, as relações afetivas familiares auxiliam na formação de crenças, dogmas, mecanismos de defesa, sentimentos que irão pautar os nossos relacionamentos afetivos.

Para a Alquimia o DNA carrega as informações genéticas e comportamentais de nossos antepassados, e também é “contaminado” e marcado pelas relações familiares, essas questões nos influenciarão física e emocionalmente.

Continue Lendo…

Florais Joel Aleixo – parte II

Após encerrar a fase das “limpezas” do tratamento com os Florais Joel Aleixo, em que o cliente se liberta (elabora) de muitas informações relacionadas ao Nigredo (mais informações aqui: Florais Joel Aleixo – parte I), estará “preparado” para acessar as informações relacionadas ao espírito (a sua própria essência).

Estes são os Florais que fazem parte do trabalho desta etapa Alquímica, chamada Rubedo e Albedo.

Continue Lendo…