Lavanda

lavender
Nome cientifíco: Lavandula officinalis; Lavandula angustifolia; Lavandula vera

Originária da região do Mediterrâneo, o principal produtor é a França, mas também é cultivada na Itália e Inglaterra. A Lavanda de origem francesa, apresenta teor mais alto de acetato de linalila proporciona um aroma mais floral, frutado e doce. O óleo essencial que tem a tonalidade do amarelo ao verde escuro, é obtido pela destilação à vapor das flores da lavanda. O rendimento é em média 200 kg de flores para produzir 1 quilo de óleo essencial. Era muito usada nos balneários na Roma antiga.

O óleo essencial de Lavanda é um dos “coringas” da aromaterapia, devido a inúmeros componentes químicos que formam uma complexa estrutura deste óleo essencial. A propriedade mais importante é a reguladora, devolvendo o  equilíbrio ao corpo e a mente, nos trazendo sempre para o “eixo” .

Antidepressivo, bactericida, descongestionante, hipotensora, repelente de insetos, sedativa, analgésica, cicatrizante,cardiotônico,  antiséptica são algumas das propriedades deste óleo essencial. Tem ótima atuação sobre as dores de cabeça originadas pela tensão nervosa, e sobre insônia também (pingue 1 gota em um algodão e coloque dentro do travesseiro) .

Em relação as emoções abranda os conflitos, dando serenidade e clareza, auxiliando a aliviar tensões relacionadas a sentimentos de raiva, medo, irritação e mágoa. Indicada também para ansiedade e estresse.

O aroma suave também contribui para a fácil aceitação e uso deste óleo essencial. O preço é acessível, o frasco de 10 ml custa em média de R$25,00.

Como é um dos poucos óleos essenciais que podem ser usados puros sobre a pele, seu uso no dia a dia é prático, apenas uma gota sobre picadas de inseto, queimaduras, acnes, machucados auxiliará na recuperação. Use-o diluído em óleo vegetal de amêndoas doces (ou mesmo um bom óleo de oliva) para massagens nos casos de dores de cabeça, cólicas, tensão, dores musculares, insônia.

Este é um ótimo ítem para ser levado em viagens, principalmente para quem viaja com crianças.

Florais Brasileiros Joel Aleixo

joelaleixo2

Em 1991, Joel Aleixo iniciou a criação das primeiras essências vibracionais. Através de estudos e aplicações dos preceitos da Alquimia usa métodos de elaboração totalmente diferente dos outros sistemas florais.

Esse sistema de Floral tem como objetivo o equilíbrio através da integração corpo, mente e espírito, facilitando assim o fluxo de energia vital.

Da Alquimia veio a importância da assepsia (limpeza), que é fundamental na atuação dos Florais e um diferencial dos outros sistemas Florais, intensificando a transformação a caminho da essência (da verdade) de cada indivíduo.

Os Florais Primus (básicos) são compostos de 99 essências florais, elaborados a partir da aura da planta e mantendo a sua energia vital. São 12 kits dos Florais desenvolvidos por ele, além da linha cosmética (composta de cremes, argilas, spray de ambiente).

A linha de florais Arbore Vita é formada por florais compostos que são enriquecidos com propólis, pólen e geléia real, usados na forma spray. O uso de spray facilita a absorção das propriedades do floral pela mucosa da boca.

O tratamento não possui contraindicações e pode ser usado concomitante a outros tratamentos, não substituindo o tratamento alopático. Até o momento, não há comprovação científica de seus resultados.

Mais informações clique aqui.

Florais de Bach

bach

Este sistema foi criado pelo médico galês Dr. Edward Bach (1886 – 1936), sua intenção foi criar um tratamento simples e eficiente que auxiliasse no equilíbrio e emoções “negativos”, que interferem na saúde provocando as doenças.

Dr. Bach observou atentamente as pessoas e como reagiam frente às dificuldades e às doenças, verificou semelhanças em suas reações emocionais, classificou-as e foi em busca da solução na natureza. Encontrou 38 essências em plantas e flores silvestres que possuem a energia sutil necessária para restaurar o equilíbrio das pessoas.

Os Florais de Bach atuam nas ‘predisposições mentais erradas’ , transformando-as sutilmente de forma construtiva e positiva. A atitude mental harmônica e saudável é fundamental no equilíbrio das emoções e na preservação da saúde física, mental, emocional e energética. Portanto o objetivoda Terapia Floral é equilibrar a pessoa e não apenas tratar a doença.

Medo, insegurança, intolerância, raiva, apatia, impaciência, submissão, esgotamento, orgulho, mágoa, culpa, desânimo, desespero, ciúmes, rigidez, pânico, excesso de preocupação, desesperança, falta de propósito na vida, tristeza, são alguns exemplos de estados negativos observados pelo Dr. Bach.

O tratamento não possui contraindicações e pode ser usado concomitante a outros tratamentos, não substitui o tratamento alopático e não há, até o momento, comprovação científica de seus efeitos.

“Não existe cura autêntica, a menos que exista uma mudança de perspectiva, uma serenidade e uma felicidade interna. ” – Dr. Edward Bach

Mais informações: Florais de Bach – Parte II