Floral de Bach: Walnut

Remédio para os que decidiram dar um grande passo à frente na vida, romper velhas convenções, deixar antigos limites e restrições e enveredar por um caminho novo.” – Edward Bach

 

Juglans_regia_Walnoot_'Buccaneer'

O nome botânico do Floral de Bach Walnut é Juglans regia. A nogueira é uma árvore que atinge até 30 metros, possui a madeira avermelhada usada na fabricação de móveis, seu fruto é a noz.

30 a. essência encontrada em 1935, pelo Dr. Bach , extraído dos brotos e das florres femininas pelo método de fervura. Pertence ao grupo das pessoas “sensíveis a opiniões e influências”.

Este floral auxilia a desvincular do passado, útil portanto nas fases de adaptação diante de importantes mudanças, como, por exemplo: gravidez, nascimento, adolescência, casamento, separação, mudanças de emprego, cidade, escola, menopausa, perdas, doenças crônicas ou limitadoras.


Walnut desperta o potencial de adaptação físico (biológico), emocional/mental e espiritual.

Fortalece a conexão com a “voz interior”, portanto reduz a vulnerabilidade à opinião alheia e ao “apelo” do mundo externo, útil também para as pessoas que precisam de suporte para mudança de comportamento (desvencilhar-elaborar o passado e se abrir para o futuro: encarar uma dieta, parar de fumar, começar atividades físicas, se desvincular daquele “ex”  que ainda gosta, mas sabe que não te faz bem 😉  ).

Mantém a conexão à “semente”, à individualidade, com firmeza no propósito, mas acionando o potencial de reinvenção. Importante no processo terapeutico pois desperta a perceção interna e a intuição.

É um floral de proteção pela qualidade de isolar as influências externas.

Indicado em quadros de alergia (respiratória, pele), alterações hormonais, comunicação entre os hemisférios cerebrais.

foto: http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Juglans_regia_Walnoot_’Buccaneer’