Estudantes africanos criam sabonete contra a malária

A malaria é a principal causa responsável pelas mortes na África.

Moctar Dembele e Gerard Niyondiko, estudantes de Burundi e Burkina Faso (África) criaram um sabonete especial, chamado FASO SOAP, que em abril de 2013 foi vencedor do prêmio “Global Social Venture Competitionda”, da Universidade de Berkeley, na Califórnia.

O dinheiro do prêmio, U$25mil,  será utilizado para otimizar o produto e fabricá-lo em larga escala.

O sabonete, por ter baixo custo é acessível à comunidades mais pobres, e menor toxidade que os repelentes convencionais.

É feito à base de ervas, manteiga de carité e óleos essenciais. Incluindo na fórmula Cymbopogon Citratus – (Capim limão) e Tagetes Erecta (African marigold), com propriedades larvicida e repelente.

Informações CNN e Catraca Livre.