Floral de Bach: Red Chestnut

Red Chestnut (Aesculus carnea), floral encontrado pelo Dr. Bach na primavera de 1935, em Sotwell, pertence ao grupo do Medo.

Este floral de Bach é relacionado ao medo exagerado que algo aconteça a alguma pessoa próxima, gerando preocupação, ansiedade, insegurança e excesso de zelo.

A transformação destas emoções ocorrem através da harmonia, compreensão, compaixão e cuidado com amor, permitindo que o outro cresça, através da atitude e sentimento de segurança, e desenvolva os próprios recursos de proteção.

A figura clássica que representa este floral é da mãe superprotetora que vive em estado de tensão, e desequilíbrio, por medo de que algo ruim acontecerá ao filho. Observe que com todas as recomendações que a mãe faz para o filho antecipando que algo algo ruim possa acontecer, “contamina” a relação (e a própria situação) com medo, desprotegendo-o.

Auxilia na compreensão das relações, entender o que o “outro” realmente significa para nós, nos libertando de projeções e idealizações.

Alguns sintomas relacionados a este estado de desequilíbrio são: pensamento repetitivo, insônia, problema digestivo, falta de concentração, hipertensão, problema cardíaco, sinusite, dor de cabeça constante, tensão, entre outros.

foto: sxc.hu por Christa Richert