Depressão

 

A depressão se caracteriza essencialmente pelo humor deprimido e pela perda de interesse.

Estes dois sintomas podem ser acompanhados de:

  • insônia (acordar mais cedo do que o costume) ou sonolência,
  • alteração no apetite,
  • agitação ou lentidão motora
  • falta de energia
  • dificuldade de concentração
  • pensamentos de suicídio e morte
  • baixa auto-estima, pessimismo
  • idéias de culpa e inutilidade

Quando houver humor deprimido e falta de interesse generalizado acompanhado de alguns dos sintomas acima, e persistirem por mais de duas semanas é indício de depressão.

A depressão também pode ser acompanhada de ansiedade.

Quando se torna crônica ou recorrente, prejudica a capacidade da pessoa de lidar com sua vida cotidiana, e na sua forma mais grave, a depressão pode levar ao suicídio.

Segundo a Organização Mundial de Saúde a depressão é uma das principais causas de incapacidade no mundo, afeta cerca de 121 milhões de pessoas em todo o mundo. A previsão é que chegue ao 2º lugar no ranking de doenças.

A depressão é uma dor muito profunda, emocionalmente pode ser vista como a negação: da vida e da morte, que gera a estagnação e a imobilidade diante da vida. Atividade física, alimentação adequada, psicoterapia também são úteis no combate a depressão. 

Os florais e a aromaterapia, assim como outras terapias complementares auxiliam dando movimento à esta energia estagnada, mas não substituem o tratamento médico adequado, é importante consultar um médico para verificar a necessidade de medicação.

Foto: Gabriella Fabbi/sxc.hu