Pau rosa

Nome científico: Aniba rosaeodora Ducke

Nativo da região Amazônica, atinge 30 metros de altura, a madeira de tom avermelhado apresenta um perfume suave. O óleo essencial obtido por destilação à vapor das cascas da madeira, possui aroma floral, doce, amadeirado e característica de fixador.

A extração da árvore Pau-rosa teve início no final do século 18, a madeira era usada em móveis, na fabricação de barcos e posteriormente na extração do óleo essencial. Há relatos que era usado por indíos para o tratamento problemas de pele e feridas.

O óleo essencial de pau rosa apresenta ótimo rendimento do componente linalol (ver: cromatografia gasosa). Após a criação do perfume Channel nº 5, em 1921, passou a ser um dos ingredientes do perfume, aumentando a demanda pelo óleo essencial, que chegou a ser um produtos mais exportados pela Amazônia, ao lado da borracha e da castanha. A maior dificuldade é que para fazer a extração derrubavam a árvore inteira de Pau rosa, sendo necessário 100 quilos da madeira para se fabricar 1 quilo de óleo essencial.

No momento, duas alternativas despontam para que o Brasil continue comercializando o linalol sem a derrubada da árvore: Dr. Lauro Barata (UNICAMP) e o Inpa (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia) tem realizado estudos de viabilização de cultivo, manejo e extração do óleo essencial das folhas e pequenos galhos do pau rosa; e pesquisadores do Instituto Agrônomico de Campinas encontraram no manjericão uma opção para obtenção do linalol, e já é reconhecido pela indústria perfumística como alternativa viável.

Em 1992 entrou para a lista do Ibama de espécies ameaçadas de extinção,  e também está na lista da União Mundial para a Conservação da Natureza (IUCN).

Neste mês de março acontece em Doha, no Catar, a Convenção sobre Comércio Internacional de Espécies Ameaçadas de Fauna e Flora, e o Brasil apresentou a proposta para que o Pau-rosa faça parte da lista de produtos que terão o processo de importação e exportação controlados de acordo com padrões internacionais e de sustentabilidade. A votação final será dia 25 deste mês.

Em aromaterapia as propriedades principais são: antidepressivo, animador, cefálico, diminui tensão, estresse e ansiedade. Indicado para problemas de pele: acne, cicatrização e peles sensíveis ou envelhecidas.

Ideal para cremes e óleos de massagem, use-o sempre diluído. Não apresenta contraindicações.

Curiosidade: em inglês é rosewood e em espanhol palisandro ou palo rosa.