O passado que insiste em ficar

 

 

moon 

” Hoje joguei tanta coisa fora
Vi o meu passado passar por mim
Cartas e fotografias gente que foi embora.
A casa fica bem melhor assim
(…)
Hoje joguei tanta coisa fora
E lendo teus bilhetes, eu penso no que fiz
Cartas e fotografias gente que foi embora.
A casa fica bem melhor assim.”
 

“Tendo a Lua” de Herbert Vianna

 

Está difícil se libertar do passado? O Floral de Bach Honeysuckle é indicado para estes momentos.

Os sonhos que não se realizaram, uma pessoa querida que se foi, momentos felizes que insistem em vir a tona, o presente não parece ser tão bom quanto o passado…

O estado negativo do Honeysuckle  impede o vínculo ao momento presente, uma grande desculpa para não se tentar de novo.

O passado é o responsável pela sabedoria para se lidar com o presente, mas para se tornar sabedoria precisa ser assimilado e transformado. Tanto é que este floral é muito indicado para pessoas idosas que se apegam ao passado,  auxiliando no envelhecimento e amadurecimento com sabedoria.

Caminhar em frente com a ‘bagagem’ adquirida, pois a vida é agora.

O nome botânico do Honeysuckle é Lonicera caprifolium. Encontrada no sudoeste da Inglaterra, onde floresce de junho a agosto, no verão,  no Brasil é chamada de Madressilva. O Floral é extraído através do Método boiling (de fervura).

Um exemplo clássico do estado negativo de Honeysuckle é o personagem Michael Berg (Ralph Fiennes) no filme “O Leitor” (2008), que após viver uma paixão adolescente com Hannah Schmitz (Kate Winslet) não consegue se “desligar” do passado e desenvolver suas relações afetivas.

Curiosidade: Creme antirugas pode ser feito acrescentando o Floral Honeysuckle a um creme neutro.

Foto: Francis Mac Donald/ scx.hu